O Ministério do Planejamento, orçamento e gestão através do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística-IBGE lançou a nível nacional o livro ‘Brasil em Números’-Brazil in Figures, volume 16-2018 na última sexta-feira no Museu do Estado do Pará. Este é um perfil socioeconômico do nosso País editado todos os anos e nos ajuda a dimensionar a realidade do nosso país em toda a sua diversidade.

O livro conta com a colaboração, entre outros pesquisadores dos professores João Márcio Palheta e Christian Nunes da Silva do Programa de Pós-graduação em Geografia (PPGEO-UFPA). A obra está à venda no site do IBGE.

 

 

 

O PPGEO torna público os Editais ao MESTRADO E DOUTORADO, turmas 2019.

OBSERVAÇÃO

MESTRADO: 17 vagas para demanda social e 05 vagas para Programa de Apoio

à Qualificação de Servidores Docentes e Técnico-Administrativos – PADT.

DOUTORADO: 17 vagas para demanda social e 04 vagas para Programa de Apoio

à Qualificação de Servidores Docentes e Técnico-Administrativos – PADT.

coordenação:

Profa. Dra. Maria Goretti da Costa Tavares (PPGEO-UFPA) - Patrimônio e Educação patrimonial no Centro Histórico de Belém.

Dr. Everaldo Batista da Costa (GEA-UNB) - Riscos e potenciais de preservação patrimonial na américa latina e caribe.

Drª. Ilia Alvarado-Sizzo (UNAM-MÉXICO) - Sincretismo, religiosidad e identidad territorial de la península de yucatán, méxico

Dr. Fernando Luiz Araújo Sobrinho (GEA-UNB) - Cidade, patrimônio e agricultura tecnificada no cerrado do brasil central.

 

 

 

O Programa de Pós-Graduação em Geografia / PPGEO/UFPA, com profundo pesar lamenta mais essa tragédia nacional.

Na última quarta feira às 17:00 horas o professor Ruy Moreira esteve ministrando palestra para os alunos do Programa sobre os novos rumos do olhar geográfico. 

Título: “Cartografia Geoliterária Uma Proposta Teórico-Metodológica Para os Estudos Geográficos”

 

Autor: Walter Luiz Jardim Rodrigues 

 

Quando se luta, nos construímos como sujeitos individuais, coletivos e como seres humanos. É essa mensagem que o convívio cotidiano com o companheiro Ulisses Manaças nos ensinou.

Ulisses é um ser humano inigualável e nos acompanhou em todos os momentos, fáceis e difíceis, com a clareza política e a humanidade que lhe caracterizava.

Neste momento difícil para todos, reafirmamos os compromissos que assumimos com você durante a luta do povo. Você sempre perguntava: “você não acredita em mim?”

Nós acreditamos, companheiro e por isso lutamos. Acreditamos na reforma agrária, na educação do campo, na agroecologia, no feminismo, na luta contra o racismo, o patriarcado e o latifúndio. Por isso lutamos e agradecemos a estas lutas porque foram elas que nos fizeram companheiros.

Nas últimas horas, uma justiça se fez. O coração foi o último órgão a parar, porque ele era seu órgão mais forte.

Neste momento sentimos a sua falta e isso tem que ser respeitado. É a maneira como conseguimos expressar a sua falta. Mas logo continuaremos a caminhada, porque esta é a maneira de expressar a sua vida.

De luto, suspenderemos por dois dias (16 e 17/08) as nossas atividades do curso de geografia das águas e da terra que, hoje, a partir de uma decisão coletiva, denomina-se Curso de Geografia das Águas e da Terra Ulisses Manaças, para nos dispidirmos de você.

Estivemos, estamos e estaremos sempre juntos, companheiro.

 

Curso de Geografia das Águas e da Terra Ulisses Manaças.

 

Título: “Espacialidades do Patrimônio Natural na Amazônia: Produção do espaço em Cotijuba, Belém-PA”.

Autor: Nabila Suelly Souza Pereira