Laboratório de Análise da Informação Geográfica (LAIG): Situado no prédio do IFCH e conta com professor coordenador e dois bolsistas discente monitor. Atende de segunda a sexta-feira de 08 às 18 horas. Nele são atendidas demandas referentes a geoprocessamento e representação cartográfica provenientes da graduação e pós-graduação em geografia. O laboratório dispõe de ampla sala de cartografia com instrumentos cartográficos (15 GPS Garmin etrex Legend, mesas de luz, pranchetas, estereoscópios, curvímetros, mapas, cartas, cartogramas, ampla mesa de desenho), além de 20 computadores. Conta ainda com uma Ploter, modelo HP Designjet T610, com capacidade para impressão de até A1, impressora HP Officejet Pro K 8600, A3. 
Laboratório de Geografia Física: Situado no prédio do IFCH e conta com professor coordenador e bolsista de iniciação científica. Atende de segunda a sexta-feira de 08 às 18 horas. O laboratório apoio o usuário em pesquisas de solo e do relevo das áreas de estudo, que são necessários aos estudos na área de geografia física hidrografia, pedologia, geomorfologia, geologia, etc), além de estudos interdisciplinares em risco, ameaça e vulnerabilidade ambiental. Nele temos os seguintes equipamentos: estufa de esterilização e secagem digital, agitador mecânico para peneiras, balança analítica (220 g), trado holandês, destilador de parede, miniestação meteorológica, teodolito digital, peneiras para separação de partículas, pipeta volumétrica, coqueteleira para dispersão, termômetro de solo e clinômetro digital (para nivelamento). 
Laboratório de Informática: situado no prédio do IFCH, conta uma diretora do setor de informática e três bolsistas. Atendendo de segunda a sexta-feira de 08 às 18 horas, conta com 20 (vinte) computadores para edição de textos, disponibilizado aos professores e alunos do IFCH e acesso à rede mundial de computadores por wi-fi e cabo. 
Laboratório de Análises Espaciais do LAENA-NAEA: situado no prédio do Núcleo de Altos Estudos Amazônicos(NAEA), o Laboratório de Análises Espaciais Prof. Thomas Hurthienne (LANEA). Neste espaço, que atendendo de segunda a sexta-feira de 09 às 17 horas, ministram-se aulas de laboratório ou outra atividade docente experimental. Ele atende alunos regularmente matriculados nos cursos do NAEA e pesquisadores que desenvolvem atividades curriculares e extracurriculares de ensino, pesquisa e extensão, nas áreas afins ao Geoprocessamento e Análises Espaciais, mediante solicitação por escrito em formulário ou ficha de uso, pelo professor orientador, junto à Coordenadoria do LAENA. Contando com o apoio das geotecnologias GIS, Sensoriamento Remoto e GPS, a equipe do LAENA permite a classificação não-supervisionada de imagens orbitais, análise da evolução temporal da paisagem; plotagem em mapas e imagens orbitais de pontos coletados com uso do GPS (coordenadas geográficas), e elaboração de mapas e cartogramas digitais com apoio das geotecnologias GIS - Geographic Information System e Sensoriamento Remoto. 
Laboratório Cidades na Amazônia – LABCAM (FAU/UFPA): O Laboratório Cidades na Amazônia funciona no Atelier de Arquitetura no Campus José da Silveira Neto, funciona no horário de 8:00 às 12:00 e 14:00 às 18:00. O laboratório oferece pesquisa na área do desenho urbano, planejamento urbano, gestão urbana e políticas públicas urbanas, com destaque para habitação de interesse social e saneamento ambiental. Espaço de pesquisa de alunos de iniciação científica, mestrado e extensão. Ele foi constituído em 2004 no âmbito da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Pará com o intuito de promover a articulação das atividades de ensino, pesquisa e extensão universitária no âmbito do Estado do Pará, com ênfase na Região Metropolitana de Belém. O laboratório tem viabilizado bolsas de pesquisa, de iniciação científica e de mestrado dentro do escopo das pesquisas desenvolvidas. Em 2007, os professores José Júlio Ferreira Lima e Ana Claudia Duarte Cardoso, seus pesquisadores até então, integraram a equipe de secretariado do Governo do Estado do Pará. Em 2009 a Profa. Ana Claudia Cardoso foi transferida para a UFRN. Em 2011 o Prof. José Júlio Lima retornou à UFPA, reassumindo a coordenação do LABCAM e a Profa. Ana Claudia Cardoso retornou para a FAU/UFPA. A partir de 2010 até os dias de hoje passaram a integrar o corpo de docentes pesquisadores os professores doutores Juliano Ximenes Ponte e Roberta Menezes Rodrigues. 
Laboratórios Institucionais do Museu Paraense Emílio Goeldi: Situado nas dependências do Museu Paraense Emílio, espaço externo à UFPA. Atendendo de segunda a sexta-feira de 09 às 17 horas, trata-se de um laboratório que aberto à comunidade científica, que dispõem de laboratórios associados às coleções científicas, a Unidade de Análises Espaciais (UAS) e o Laboratório de Análises Químicas (LAQ). A Unidade de Análises Espaciais é o laboratório de sensoriamento remoto e espacialização de dados que realiza análise, tratamento e processamento de imagens de satélites e; no Laboratório de Análises Químicas são feitas análises físicas, físico-químicas e químicas a partir de diversos métodos, sobretudo, na área de geoquímica ambiental. 
A Unidade de Análises Espaciais (UAS): é o principal organismo do Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG) com relação ao levantamento, análise e gerenciamento de informações georreferenciadas. A criação da UAS foi impulsionada pela constatação da importância da utilização das ferramentas de geoprocessamento na análise de informações ambientais, sobretudo na caracterização de ambientes, alvos de investigação pelos pesquisadores do MPEG. A UAS é um Laboratório Institucional, subordinada a Coordenação de Ciência da Terra e Ecologia (CCTE). 
Laboratório de análise químicas (laqgoeldi): O Laboratório de Análises Químicas do Museu Paraense Emílio Goeldi (LAQGoeldi) realiza análises físicas e físico-químicas (pH, Eh, temperatura, salinidade, condutividade...) e químicas (metais, análises por via úmida por métodos volumétricos e gravimétricos, carbono, evolução de CO2, turbidez, etc...) em amostras de solo e água. Realiza análises granulométricas e químico-mineralógicas em sedimentos, solos, rochas sedimentares previamente desagregadas, além de procedimentos de pré-preparação de amostras (desagregação mecânica, quarteamento, secagem). As técnicas de análise granulométrica abrangem peneiramento, decantação. Entre os ensaios químico-mineralógicos incluem-se: separação de minerais pesados e leves, eliminação de película impregnante de grãos via ataque ácido e ultrasom, dosagem e eliminação de carbonato e matéria orgânica por ataque químico. Também realiza estudos químico-analíticos envolvendo plantas medicinais amazônicas de ampla tradição etnofarmacológica, com o objetivo de extrair e quantificar os teores dos metabólitos secundários presentes nas mesmas, tais como alcalóides e flavonóides, possivelmente envolvidos na ação terapêutica da planta. O estudo de plantas medicinais por técnicas analíticas visa o conhecimento da estrutura dos seus constituintes químicos, com ênfase às substâncias com atividade biológica ou farmacológica. Além disso, o LAQGoeldi utiliza metodologias analíticas para identificação e/ou quantificação de princípios ativos, bem como identificação e/ou quantificação de substâncias tóxicas endógenas ou exógenas (ex.:contaminação por metais pesados) em plantas medicinais e medicamentos fitoterápicos. Conta com os seguintes equipamentos analíticos: Espectrômetro de Absorção Atômica de Chama, Espectrômetro de Massas com Plasma Indutivamente Acoplado, Analisador Elementar CHNSO, Espectrômetro Ultravioleta-Visível e Fotômetro de Chama. 

Laboratório de Geologia Cartográfica (GEOCART): Está localizado na faculdade de Geologia, Instituto de Geociências, funciona das 08:00 – 18:00, sendo responsável o Prof. Osmar Guedes. 

Recursos de Informática

 

Para pesquisas dos docentes e discentes contamos com apoio do Laboratório de Informática do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, composto por 20 (vinte) computadores para edição de textos, disponibilizado aos professores e alunos do IFCH. Contam com acesso à internet por meio de wireless. O PPGEO conta com uma sala de aula que contém um microcomputador ligado a internet e 02 aparelhos de Data Show, uma sala de estudos que contém 08 microcomputadores ligados a internet e 03 impressoras. Na sala da coordenação do curso temos 02 computadores ligados a internet e 02 impressoras multifuncional.